GASPAR CRESPI

Mestre em Arquitectura pelo Instituto Superior Técnico  e pela Universidade La Sapienza de Roma, onde inicia o seu percurso na área cultural com o desenvolvimento da dissertação sobre o impacto sócio económico do MAXXI (Museo nazionale delle arti del XXI secolo) para o tecido urbano envolvente. Em 2016, integra a estrutura da Conservation Practice, empresa de consultoria na área patrimonial. Teve assim a oportunidade de abraçar o projeto Observatório do Património, enquanto responsável pela edição e direcção da publicação “Património em Números”, um estudo estatístico especializado no sector patrimonial que procura fornecer uma visão crítica do sector e contrariar o actual contexto informativo adverso. Actualmente, desenvolve projectos de consultoria cultural. Neste âmbito, destaca-se o estudo da capacidade de carga num dos principais monumentos a nível nacional e que visa determinar respostas para o impacto turístico.